Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
(seg. à sex, das 07h às 19h e sáb. das 08h às 14h)
Chegamos aos
1026
transplantes de
fígado
Data publicação: 15/12/21 | Fonte: Diario de Pernambuco | Vida Urbana

Hipertensos e diabéticos devem comer com moderação nas festas de fim de ano

Junto das festas de fim de ano, estão chegando também as tradicionais ceias de Natal e Réveillon. Apesar de ser tempo de comemoração, é necessário que exista moderação na hora de montar o prato nessas ocasiões especiais, principalmente para pessoas que convivem com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. De acordo com Rita de Cássia Freire, nutricionista do Hospital Jayme da Fonte, os diabéticos e hipertensos podem sim comer todas as delícias festivas, mas precisam ter bastante cuidado com alguns alimentos. “Pessoas que possuem diabetes devem reduzir o consumo de alimentos ricos em carboidratos simples, como pão, arroz e açúcares refinados. Devem ter cuidado também com as fretas cristalizadas, presentes nas comidas da ceia, pois elas possuem altas concentrações de açúcar. Já os hipertensos precisam diminuir a quantidade de alimentos ricos em sódio, como os industrializados e embutidos. É essencial que recusem carnes muito temperadas”, explicou.

Apesar das restrições, é possível montar uma boa mesa natalina, segundo a especialista. A orientação é optar por alimentos integrais, ricos em fibras, que geram saciedade e contribuem para que o consumo de outros produtos mais calóricos seja evitado. Além disso, o ideal é preferir carnes magras, como tender, chester, lombo ou até cordeiro, superiores ao pernil e ao leitão. Obviamente, deve-se evitar frituras. É preferível que os alimentos sejam assados ou cozidos.

“Outra dica é utilizar pratos menores, pois assim fica mais fácil visualizar a quantidade de comida e porções. Também é preciso ficar atento aos petiscos que ficam na mesa, pois possuem calorias e uma quantidade alta de sal e açúcar. Priorize alimentos frescos”, aconselhou Rita de Cássia. Para a sobremesa, a típica rabanada pode ser consumida caso seja possível realizar a troca de ingredientes durante seu preparo, substituindo o leite integral pelo desnatado e utilizando adoçante, levando as fatias ao forno, em vez de fritá-las, como é tradicional.

ÁLCOOL

As bebidas alcoólicas, como vinho e espumante, são bastante populares nas festas do final do ano e também precisam de atenção. Como a diabetes e a hipertensão são doenças que exigem um controle e um monitoramento constante, para evitar complicações a longo prazo, a ingestão de álcool em excesso pode atrapalhar. O recomendado é que esses pacientes crônicos, caso sintam necessidade, bebam apenas uma dose, caso seja uma mulher, e duas doses, no máximo, para os homens.

No Hospital Jayme da Fonte, o paciente pode realizar o acompanhamento de seus cardápios com nutricionais, visando balancear a dieta diária e também para as ocasiões festivas, como as que estão chegando. As consultas podem ser feitas em todos os planos de Saúde ( O Sistema Único de Saúde, SUS, também oferece o serviço).