Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
(seg. à sex, das 07h às 19h e sáb. das 08h às 14h)
Chegamos aos
1026
transplantes de
fígado
Data publicação: 05/04/22 | Fonte: Folha de Pernambuco

Jayme da Fonte investe R$ 3,5 mi

O Hospital Jayme da Fonte investiu quase R$ 3,5 milhões para ampliar sua estrutura. O resultado é um espaço com mais de 1,2 mil metros quadrados, destinados á abertura de novos consultórios. Localizada no bairro das Graças, na Zona Norte, a nova unidade tem como foco a otimização do atendimento aos pacientes. Ela reúne especialistas de urologia, hepatologia, cardiologia, otorrinolaringologia, gastro, radiologia e outras áreas.

Segundo o diretor técnico do HJF, dr. João Lampropulos, a ideia também deve gerar novos negócios e o crescimento de toda a cadeia produtiva envolvida, incluindo vagas de emprego. No entanto, na atual fase do projeto, ainda não se tem dados específicos sobre isso. Ele também explica que a expectativa é aumentar a demanda de atendimento e o número de especialidades médicas disponíveis.

Completando 67 anos em 2002, o HJF dispõe de 200 leitos, alas de internação, UTIs com 40 leitos, alas para alta complexidade, urgência e emergência em cardiologia, clínica geral e traumato-ortopedia. A estrutura também oferece serviço de diagnostico por imagem, com ressonâncias magnéticas, tomografia computadorizadas, ultrassonografia, raio X, endoscopias e colonoscopia; além da nova hemodinâmica, que oferece mais segurança para o paciente e maior precisão nos resultados.

O HJF também tem mais duas unidades com consultório de especialistas de dermatologia, ortopedia, clínica médica, geriátrica, cirurgia geral, cirurgia plástica e de outras áreas. O hospital cuida da saúde dos pacientes de forma humanizada, exercendo o reconhecimento que possui da Organização Nacional de Acreditação (ONA), que reconhece o nível de excelência dos serviços da saúde.

Sobre o futuro do HJF, Lampropolus diz que “o Jayme da Fonte tem um plano de investimentos decenal, enxergando o desenvolvimento do estado, especificamente da área de saúde, como norte de suas ações. No momento, o projeto de crescimento está conectado com esse cenário”.