Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
Chegamos aos
965
transplantes de
fígado
Data publicação: 17/10/18 | Fonte: Jornal do Commercio | Caderno de Esportes

Magrão agradece carinho

O goleiro Magrão recebeu alta ontem após ser submetido a uma cirurgia na noite da última segunda-feira. O procedimento se faz necessário para corrigir uma fratura na ulna do braço direito. De acordo com nota divulgada pela assessoria de comunicação do Sport Club Recife, a operação aconteceu no Hospital Jayme da Fonte, no bairro das graças, zona norte da capital pernambucana.

Em sua conta pessoal no Instagram, o goleiro fez questão de agradecer o apoio recebido nesse momento difícil de sua carreira. “Operação realizada com sucesso. Agradeço o carinho e as orações de todos”, escreveu.

Estiveram à frente da cirurgia, que durou cerca de uma hora, o vice-presidente e o diretor médico do leão, Marcelo Capela e Cléber Maciel, respectivamente. Contando com o processo de recuperação, o tempo estimado para que o ídolo rubro-negro volte aos gramados é de três meses. Ou seja, o jogador não terá mais condições de atuar nesta temporada.

"Eu praticamente antecipei alguns dias das minhas férias. Mas, o tempo que eu vou ficar parado (sem jogar) será o tempo de quando todos voltarem (para iniciar pré-temporada em 2019) e eu estar normal”, comentou Magrão assim que desembarcou no Recife.

De acordo com o planejamento do departamento médico rubro-negro, Magrão vai ficar de repouso no restante da semana para que seu antebraço direito possa desinchar. A ideia é que o camisa 1 já inicie a sua recuperação na fisioterapia na próxima segunda-feira e o seu retorno aos gramados só aconteça na metade de janeiro de 2019.

Enquanto o paredão da ilha se recupera, o prato da casa Maílson terá a responsabilidade de defender a meta rubro-negra nas últimas nove rodadas do brasileirão. “Estou tranquilo. Como já joguei essas quatro partidas é diferente, a ansiedade é superada. É diferente de quando eu era da base e tive que entrar pela primeira vez. Estou bem e preparado para ajudar o Sport a sair dessa situação”, disse o goleiro de 22 anos, a reportagem do Blog do Torcedor.   

Essa é a segunda vez que Maílson recebe uma oportunidade devido à lesão de Magrão, algo que ele lamenta. “Fico triste por ele não poder ajudar, mas é uma oportunidade que tenho de mostrar meu trabalho. Chegamos a conversar no hotel e depois ele disse que confia em mim e que eu já mostrei minhas habilidades”, pontuou.