Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
(seg. à sex, das 07h às 19h e sáb. das 08h às 14h)
Chegamos aos
999
transplantes de
fígado
Data publicação: 23/02/19 | Fonte: Robson Sampaio

Saúde precisa de atenção para folia não acabar mais cedo

Manter-se hidratado e usar calçados confortáveis são boas dicas
 
Quem espera o ano todo pelo Carnaval, nem cogita a possibilidade de que uma dor de estômago, de uma cefaléia ou que até mesmo um trauma simples possa acabar com a folia. Para evitar transtornos que façam a festa acabar mais cedo, além das fantasias e roteiros de bloquinhos, vale a pena investir no cuidado com a saúde antes e durante o Carnaval.

Nessa época do ano, crescem as entradas na emergência. Só os casos de torção e contusão aumentam em 50%. Para além dos traumas, as queixas com maior volume nas emergências, no entanto, estão associadas ao excesso do consumo de bebida alcoólica e de alimentos calóricos e de preparo indevido, além da diminuição do sono.

De acordo com o diretor médico do Hospital Jayme da Fonte, Alberto Barros, alguns cuidados básicos podem evitar que a folia acabe no hospital. “É importante manter-se hidratado, principalmente quando se consome bebida alcoólica, e ficar atento a procedência dos alimentos. Beber muita água, consumir alimentos leves e respeitar a necessidade de descanso do corpo é a melhor receita para um Carnaval tranquilo”, sugere o especialista.

Para quem gosta de curtir o Carnaval de rua, o especialista também recomenda ficar atento à proteção solar, com uso de acessórios que protejam da radiação solar e aplicação recorrente de filtro solar. “Vale a pena também investir em um calçado confortável e alongar o corpo antes de sair para a festa”, orienta Alberto Barros.