Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
(seg. à sex, das 07h às 19h e sáb. das 08h às 14h)
Chegamos aos
1014
transplantes de
fígado
Data publicação: 17/09/19 | Fonte: Jornal do Commercio | Economia

Expansão em prol do Recife

Entre os 50 maiores contribuintes de ISS da capital, Jayme da Fonte investe R$ 50 milhões e coloca nova urgência à disposição da cidade.

Seguindo um projeto de expansão e de modernização das equipes e dos serviços, iniciado ainda em 2015, o Hospital Jayme da Fonte entrega um novo Complexo Hospitalar à população pernambucana. Após um investimento de R$ 35 milhões em obras e R$ 15 milhões na aquisição de equipamentos de alta tecnologia, a nova estrutura conta com 10 pavimentos, mais de 100 leitos (duplicando a capacidade de atendimento), UTI, bloco cirúrgico, Central de Material e Esterilização (CME) e um moderno serviço de imagem.

Só para a área de emergência foram destinados R$ 6 milhões, voltados para a expansão da área física e de equipes. “Ampliamos tanto a equipe médica, com a implementação de uma nova especialidade, quanto o time de enfermagem”, explica João Lampropulos, diretor-técnico do hospital.

No quesito modernização, um exemplo é a máquina de hemodinâmica, única com software VD 11 ArtisZeePure, que proporciona redução de dose de irradiação, com aumento de qualidade de imagem e recurso de tomografia para fusão de imagens cardiovascular e cerebral. Trata-se de uma das tecnologias mais avançadas da medicina na região e garante mais segurança ao paciente e precisão nos resultados.

Já que no diz respeito aos serviços, a novidade é a inclusão da especialidade de traumo-ortopedia, que se soma aos atendimentos de cardiologia, clínica médica, cirurgia-geral, exames de análises clínicas e de imagem, além das urgências. “A nossa perspectiva de crescimento é de dobrar o número de atendimentos na urgência nos próximos 6 meses”, aponta Lampropulos.

A nova estrutura já está em operação desde abril. “Inovar faz parte da história do Jayme da Fonte. A cada período, fazemos um estudo do que há de mais moderno em equipamentos e tratamentos médico-hospitalares que possam contribuir para a qualidade e desempenho do nosso serviço. É desta forma que atualizamos sempre o nosso parque tecnológico”, afirma Lampropulos.

Um exemplo desse pioneirismo é o fato de o Jayme da Fonte ter sido o primeiro pronto-socorro particular do Norte-Nordeste. “Inauguramos a primeira farmácia 24 horas da cidade. E recentemente, de maneira pioneira, oferecemos à população o exame de elastografia hepática por ressonância magnética” - ele permite avaliar o fígado em detalhes, evitando, muitas vezes, a necessidade de o paciente realizar um procedimento mais invasivo, como a biópsia.

Durante o processo de ampliação, com as reformas e mudanças no hospital, o Jayme da Fonte continuou buscando a excelência no atendimento e recebeu a qualificação da Organização Nacional de Acreditação (ONA) pelo seu alto padrão de qualidade, oferecendo mais segurança ao paciente e criando uma relação de confiança que cresce sempre, devido ao tratamento humanizado que cada um que passa pelo Jayme recebe.

E os benefícios trazidos pela gestão não param por aí. O Recife também ganha quando o Hospital Jayme da Fonte figura entre os 50 maiores contribuintes do Imposto Sobre Serviços (ISS). Desde a criação do Prêmio ISS, em 1997, que reconhece as maiores empresas contribuintes da capital, que a instituição integra a lista. “Assumimos uma responsabilidade social importantíssima, de uma empresa genuinamente pernambucana, ao favorecer o desenvolvimento da cidade do Recife”, aponta Lampropulos. “Esse prêmio representa para a gente a certeza de que estamos contribuindo e participando do crescimento e do desenvolvimento do Recife e que todo o nosso esforço está sendo revertido para uma sociedade com mais educação, mais saúde, mais moradia e igualdade social.”