Hospital Jayme da Fonte

Central telefônica (81) 3416-0000 / 3125-8810 Marcação de Consultas & Exames (81) 3416-0075
(seg. à sex, das 07h às 19h e sáb. das 08h às 14h)
Chegamos aos
1014
transplantes de
fígado
Data publicação: 04/11/19 | Fonte: Rádio Jornal

Óleo nas praias: dermatologista explica os cuidados para os banhistas

Turista de Minas Gerais apresentou manchas na pele após ter contato com óleo nas praias; ele

tomou banho em uma praia da Bahia.

Um turista de Minas Gerais ficou com manchas no corpo depois de tomar um banho de mar no último sábado (2), na praia de Corurupe, em Ilhéus, sul da Bahia. A vigilância em saúde ambiental do município investiga se existe relação do problema com as manchas de óleo que tem atingido o litoral do Nordeste. O dermatologista Paulo Guedes conversou com a reportagem da Rádio Jornal nesta segunda-feira (4) e explicou os cuidados que se deve ter com a água que entrou em contato com o petróleo cru.

"Tem que ser feito com material de proteção, de preferência não usar luva de borracha . E usar roupa de ´proteção, é muito importante manter a pele sem contato com o óleo", disse o médico.

O dermatologista dá algumas dicas de cuidados que devem ser tomados, caso a pessoa tenha alguma reação alérgica ao entrar em contato com a água contaminada: "Primeiro remover com 'óleo de criança', aquele óleo que se usa para bebês. E o restante que fica, não usar sabão amarelo ou sabão de coco; usar sempre detergente para pratos, meio a meio com água, porque o sabão amarelo é extremamente alcalino e pode agravar as lesões causadas pelo contato com o óleo na pele".

Caso isolado

Segundo a coordenação da vigilância do município de Ilhéus, o turista que apresenta manchas no corpo já fez exames, que estão sob análise em Salvador, e está sendo acompanhado diariamente pelo órgão. O caso é tratado como isolado, já que outras pessoas tomaram banho na mesma praia e não tiveram reações.

Os detalhes na reportagem de Beatriz Albuquerque. Clique aqui para ouvir.